Alimentos melhoram a indisposição em viagens de avião



Você é daqueles que cuida da sua alimentação antes e durante viagens muito longas de avião para não ter nenhum incômodo? Ou simplesmente não come nada para que não tenha problemas?

Há refeições e alimentos que são ideais para o antes e o durante de um voo muito longo. As refeições que precedem uma viagem longa de avião são tão importantes quanto aquelas que serão feitas durante o voo.

Existem alguns alimentos e hábitos alimentares, no entanto, que são indicados por comissários de voos como boas escolhas para esses momentos. Confira algumas orientações do Voar Sem Medo, centro especializado no estudo e tratamento da fobia do voo, de Portugal:

1. Quer dormir durante o voo? Prefira refeições pequenas!

Para voos noturnos, há quem prefira passar parte do trajeto dormindo. Se o passageiro optar por uma refeição pesada e rica em gordura antes do embarque, dormir pode não ser uma opção, visto que a digestão é mais complicada no ar. Prefira sempre pratos leves, mesmo que sejam alimentos ricos em carboidrato. Pães integrais e mingau de aveia podem ser refeições melhores. Os carboidratos podem ajudar, inclusive, a reduzir os sintomas de jetlag.

2. Nozes, castanhas e amêndoas são boas opções.

Se o voo oferecer a opção de mix de nozes, escolha essa para se alimentar durante a viagem. Além de ajudar a manter a saciedade, as nozes, castanhas e amêndoas conseguem atuar na redução da sensação de ansiedade. Tenha na bolsa também snacks variados, como barras de cereais e de proteínas, para não sentir fome exagerada durante o voo e não cair na tentação de alimentos gordurosos.

3. Evite sempre café e açúcar

No dia anterior à viagem, elimine alguns alimentos das refeições, especialmente o café e o açúcar. Se não for possível, reduza o consumo. Também deixe de lado as bebidas alcoólicas, e aumente a hidratação do corpo com água.

4. Suco de laranja também não é indicado

Chegado o dia da viagem, evite tomar suco de laranja ou qualquer outra bebida ácida. Se sentir sede, prefira sempre água.

5. Homus também mantém a fome controlada

Caso o voo seja à noite, procure fazer a refeição principal antes do embarque no avião. O homus, pasta feita a partir do grão de bico, é uma boa opção, visto que mantém a saciedade controlada. Durante o voo, prefira outros snacks.

6. Escolha os sanduíches

Não deu tempo de comer direito antes de embarcar, não tem snacks de amêndoas e nozes disponível na bolsa? Coma apenas um sanduíche. A opção pode ajudar a manter a fome controlada até a próxima refeição, ainda mais se o recheio for de atum, frango ou ovo. Inclua uma proteína na refeição para ajudar a manter a saciedade.

7. Fibras da quinoa, da semente de chia e do arroz integral:

As opções mais saudáveis do dia a dia também valem para as viagens longas de avião. Inclua nas refeições antes do embarque a quinoa, sementes de chia e arroz integral. Além de reduzirem a fome, as fibras ajudam o organismo na digestão e eliminação saudável das gorduras.

8. Opte por bolacha água e sal:
Está se sentindo mal antes de viajar? Não abuse na alimentação: coma bolacha água e sal, para não sobrecarregar o estômago durante o trajeto. A última coisa que qualquer passageiro quer é passar a viagem no banheiro do avião, não é?

9. Smothies são opções rápidas e sem contra indicação:

Especialmente para quem não teve muito tempo para uma refeição completa antes do voo, ou está entre voos, prefira um smothie, considerado uma bebida mais encorpada. Nos aeroportos não é difícil ter acesso a um restaurante que ofereça essa opção e a mistura das frutas mantém a fome controlada.

10. No caso de dúvida: beba água

Se bater uma sede, tome água. Ainda não decidiu no que comer, beba água até tomar uma decisão. Independente de qualquer coisa tome sempre água. Manter-se hidratado, ainda mais no avião, é essencial para uma viagem tranquila.