5 sugestões de ilhas no Litoral brasileiro para quem ama praia

Com um Litoral de 8 mil quilômetros, mar com cores e temperaturas que variam, uma costa indiscutivelmente repleta de atrativos turísticos e com diferentes cenários, o Brasil também possui centenas de ilhas. Três delas, inclusive, são capitais, como Florianópolis, Vitória e São Luís.

No clima do Verão e com vontade de estar pertinho da vida marinha, o Passaporte Oficina sugere cinco ilhas para se conhecer.


Ilha de Itaparica (BA)
Localizada na Baía de Todos os Santos, na Bahia, abriga dois municípios: Itaparica e Vera Cruz. São 20 mil habitantes e muitas atrações. Para quem parte de Salvador, o melhor é pegar o ferry-boat até o local. Além da balsa para veículos, há ainda lanchas para quem estiver sem carro. Além das praias, um passeio pela orla revela os casarios antigos. Fique atento às igrejas e capelas. 


Ilha do Mel (PR)
Nada de carros por aqui, a chegada à Ilha do Mel é feita por embarcações e é necessário passar por trilhas até chegar ou à Praia de Nova Brasília ou a de Encantadas. A primeira tem melhor estrutura de pousadas e restaurantes. A outra segue uma vibe mais jovem. Lembre-se, a rusticidade faz parte do lugar. Ainda assim, é possível agradar dos turistas mais aventureiros aos mais caseiros.


Ilha do Cardoso (SP)
No Litoral de São Paulo, quase na divisa com o Paraná, a Ilha do Cardoso é um santuário de botos e golfinhos. O lugar tem praias desertas, trilhas na Mata Atlântica e a saída para o território em meio ao Oceano Atlântico ocorre na pequena Cananeia. Lanchas rápidas ou balsas (estas levam cerca de três horas para chegar, mas são mais em conta) fazem o percurso. Como na Ilha do Mel, não há carros no Cardoso.


Ilha Grande (RJ)
Na baía de Angra dos Reis, a Ilha Grande sempre tem muitos atrativos naturais para ocupar seus dias, mesmo que passe uma quinzena inteira por lá. Trilhas, cachoeiras e até lagoas compõem o cenário que vai além das praias e do incrível mar da região. Para quem ama atividades ao ar livre, em contato com a natureza, a Ilha Grande é o local perfeito.


Ilha de Anhatomirim (SC)

De nome indígena, está localizada na Baía Norte, próxima ao continente. Integra o Município de Governador Celso Ramos, há 50 quilômetros de Florianópolis. A posição estratégica resultou na construção da Fortaleza de Santa Cruz que, no século 18, configurava o terceiro vértice de um sistema triangular de defesa, formado ainda pelas Fortalezas de São José da Ponta Grossa e Santo Antônio de Ratones. Este sistema deveria proteger a Barra Norte da Ilha de Santa Catarina das investidas estrangeiras – principalmente da Espanha – e consolidar a ocupação portuguesa do Sul do Brasil. O acesso é feito por barcos de passeio, que partem de Florianópolis (principalmente do trapiche de Canasvieiras, do trapiche da Beira-Mar Norte e sob a Ponte Hercílio Luz).