10 motivos para visitar Bonito, no Mato Grosso do Sul


O administrador Guilherme Sansão tem uma paixão pela natureza. Adora praia, paisagens verdejantes e curte demais uma trilha. Recentemente esteve em Bonito, no Mato Grosso do Sul, onde conheceu de perto as maravilhas do pantanal brasileiro. Visitou a floresta, nadou com peixes, chegou a posar para foto com uma cobra no pescoço (dentro de um projeto ambiental, sob orientação dos profissionais de lá, que fique bem claro!).

Para ele, a viagem foi inspiradora e repleta de conhecimento. Foi o Guilherme quem destacou para o Passaporte Oficina 10 motivos para conhecer Bonito.

1 – A cidade é muito simpática, toda voltada ao turista;
2 - A culinária local muito é boa (jacaré, traíra, pacu e outros peixes que valem a pena experimentar);
3 - Tem passeios para toda a família (flutuação, contemplação da natureza, passeios de bote);
4 – Tudo é muito limpo e conservado, com muita atenção à natureza;
5 – Contato intenso com a natureza, com possibilidade de aproximação de animais silvestres e muito verde;
6 – A cidade é pequena, então os passeios para as áreas naturais têm que ser de carro ou outros meios de transporte, mas no centrinho se faz tudo a pé, não importando a distância da hospedagem;
7 – A cidade é muito tranquila, segura, pouco boêmia, mas há opções de bares e a pracinha sempre com alguma atração;
8 - Você pode ir a um parque ou balneário e ficar ao redor de peixes, arara, cotia ou outros animais silvestres (eles vem perto ou ficam de longe olhando, mas são mansos);
9 – Os passeios têm limite máximo de pessoas, o que torna tudo muito bem organizado;

10 - Praticamente todos os passeios são feitos por intermédio de agências e tem o preço tabelado (assim evita contratempos em relação à concorrência);