Quer ampliar a coragem de pegar a mochila e partir?


Tenha amigos com os mesmos gostos. E se conseguirem tirar férias no mesmo período, então, você terá ainda um parceiro de viagem e alguém para dividir os custos de hospedagem! Se forem ainda mais desapegados, podem compartilhar vagas em hostels e campings. Tem ainda o couchsurfing, que são vagas em colchões ou sofás fornecidas quase que de graça (algumas são totalmente gratuitas) nas casas de outros viajantes pelo mundo afora. São pessoas que oferecem seu espaço pensando na lei do retorno: assim como eu recebo visitantes, vou conseguir me hospedar em outro endereço também.

A gente poderia abrir um capítulo à parte só para falar do AirBNB, mas vamos ser econômicos. Vale mais do que a pena. É tranquilo, fácil, tem sido gerido por pessoas que facilitam a sua estadia (dando dicas de passeios, restaurantes e afins) e mais baratos que hotéis. Tudo disponível no aplicativo ou site, com recomendação de outros hóspedes, fotos do local de hospedagem e a garantia de que tudo sairá bem dada pelo próprio AirBNB. A equipe do Passaporte Oficina já testou diversas vezes e sempre foi muito positivo.


Continue acompanhando a gente por aqui. Preparamos o último post para esta sexta-feira do Guia para viajar ao menos uma vez ao ano para o Exterior com mais dicas para quem quer viajar mas está com o dinheiro contado. Afinal, a gente quer se divertir muito, mas gastando pouco. ;)