Brasileiros retornam ao Sudoeste Asiático para filmar documentário



“Um dia eu voltaria” reconta os seis meses de Letícia Mello numa trip de aprendizado e autoconhecimento


Quando o assunto é viagem, o Passaporte Oficina abraça e ajuda na divulgação. É o caso deste projeto lindo da Letícia Mello, Marcio Albani e Lucas Bogo. Em 2013 ela viajou para a Tailândia, Camboja e Vietnã com o objetivo de fazer trabalhos voluntários de forma independente e com um orçamento super baixo.

“Eu amava viajar, mas buscava um propósito maior para as minhas andanças. Passei seis meses dando aulas de inglês para crianças carentes, jovens, monges, policiais e agricultores”, relembra.

Daí retornou ao Brasil e começou a rascunhar um livro relatando toda a trip de aprendizado e autoconhecimento. Em 2016 foi a vez de lançar um financiamento coletivo para tornar esta publicação realidade. Faz seis meses que o livro foi lançado junto com camisetas do projeto chamado “DoForLove” para angariar fundos para uma nova viagem de retorno àqueles países, no intuito de produzir um documentário.

Em agosto do ano passado, Letícia e o filmmaker Lucas Bogo embarcaram para a Ásia com mais um sonho nas mochilas. “Foram 40 dias visitando os projetos que participei, os amigos que ficaram e revivendo as belezas do Sudeste Asiático. Mas o mais importante: cumprindo a minha promessa para Mama Lili de que um dia eu voltaria”.

Instagram: DoForLove (www.instagram.com/doforloveproject)

Site: DoForLove (www.doforloveproject.com