Os desbravadores dos cânions entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul

(*) Por Ricardo Ruas, Thábata Santos e Tércio Pereira



Uma estrada, duas araucárias e o que a gente vê é um sorriso, um sorrisão, diga-se de passagem. É a natureza fazendo graça na parte alta dos cânions que dividem Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O Parque Aparados da Serra foi criado para manter de maneira sustentável esta maravilha natural encravada entre os dois Estados brasileiros.

Bastou um feriadão de quatro dias para a aventura ganhar forma. Fomos em três amigos para a cidade de Praia Grande, ainda em Santa Catarina. Foi lá nossa base (ficamos hospedados no lodge Costão da Fortaleza). Na própria pousada adquirimos os passeios com guias para quatro diferentes passeios, um em cada dia em que estaríamos por lá.

O primeiro foi logo no sábado, nossa chegada. E a trilha do Malacara você desvenda agora neste vídeo. Aperte o play.


Esta história completa, nós contaremos em quatro posts, produzidos a “seis mãos”. Amanhã é dia de saber sobre a Trilha do Rio do Boi, 14 quilômetros de percurso, com aventura e banho de cachoeira.


...

Dicas desta trip

1.           A pousada Costão da Fortaleza é incrível. Recebe cerca de 10 pessoas por vez e garante a interação dos hóspedes na mesa redonda gigante compartilhada. Café da manhã e janta juntos, um olhando para o outro, e em meia hora todos se tornam amigos de infância.

2.           A melhor comida da face da terra. O cardápio é super bem preparado e todos – sim TO-DOS – saíram de lá elogiando aos montes a equipe.

3.           Se for de carro, confira o documento. Fomos parados e, adivinha? O documento do carro não estava. Ainda bem que encontramos um policial bacana que consultou pela placa e viu que estava tudo ok!


* Ricardo Ruas é jornalista e diretor de conteúdo da Oficina das Palavras, Thábata Santos é enfermeira e Tércio Pereira é empresário.