Uma visita à Ponte do Brooklyn, em Nova York



Na maioria das grandes cidades do planeta, as pontes viraram atração turística. Seja pela imponência ou porque carregam uma história de progresso, elas ganharam notoriedade e passaram a ser muito fotografadas. E assim é também com a Ponte do Brooklyn, que liga a ilha de Manhattan ao bairro do Brooklyn, região que virou atração entre moradores de Nova York e visitantes.


Os visitantes encaram a travessia de cerca de meia hora para apreciar um ângulo diferenciado de Nova York. 


O crescimento do Brooklyn se deu porque no local existem bons apartamentos, bem localizados, mas mais baratos do que em Manhattan. 


É uma das mais antigas pontes de suspensão dos Estados Unidos. Foi inaugurada em 3 de janeiro de 1870.


Com espaço para pedestres, ciclistas e automóveis, a Ponte do Brooklyn tem 1.825 metros de extensão. 


Como nas grandes pontes mundiais, casais apaixonados passaram a prender cadeados nas grades de proteção, jogando a chave no rio, como uma simpatia de amor eterno. 


Da Brooklyn Bridge é possível ter uma vista incrível da linha do horizonte de Manhattan.


Do parque localizado na cabeceira da ponte também é possível ter esta visão, em uma estrutura que conta com gramado, restaurantes e pista de corrida. 


Estima-se que 30% da população da cidade estejam no Brooklyn. O lugar é super charmoso. Tem a cara da Nova Iorque que a gente está acostumado a ver em séries de televisão.