Falta de papel para emissão de passaporte atrasa entrega do documento


A Polícia Federal e a Casa da Moeda do Brasil emitiram nota, nesta quinta-feira (30/6), comunicando que a produção de passaporte foi temporariamente interrompida em razão de uma falha em um dos equipamentos. Em decorrência deste problema, a Polícia Federal avisa que não poderá cumprir os prazos de entrega que estavam previstos nos postos de emissão de passaporte. Este é o segundo problema que ocorreu com a emissão do documento nos últimos 15 dias.

O primeiro ocorreu com a falta da matéria-prima para a confecção da capa do passaporte, que de acordo com nota emitida pela Casa da Moeda do Brasil no dia 16 deste mês, apesar de ter recebido o material do fornecedor, a quantidade era insuficiente para atender a demanda da população, que aumentou inesperadamente entre o segundo semestre de 2015 e o início de 2016, afetando o planejamento das aquisições e contribuindo para a redução drástica dos estoques de matéria-prima antes do tempo previsto. A confecção do documento que normalmente era de seis dias, pode demorar até 45 dias após a solicitação no posto.

Para facilitar a comunicação e esclarecer dúvida, a Casa da Moeda do Brasil criou um canal de atendimento direto ao requerente de passaporte, através do e-mail: meupassaporte@cmb.gov.br. É necessário encaminhar na mensagem com nome completo e número do protocolo.


Nota oficial Polícia Federal

Brasília/DF – Em relação à emissão de passaportes, a Polícia Federal informa:
· A Casa da Moeda do Brasil (CMB), responsável contratual pela produção de passaportes, comunicou nesta quinta-feira (30/6) que houve uma falha em um dos seus equipamentos, o que ocasionou a paralisação temporária do serviço;
· Em razão disso, a Polícia Federal não poderá cumprir os prazos de entrega inicialmente previstos nos postos de emissão de passaportes;
· De acordo com a CMB, a expedição dos documentos deverá ser normalizada já na próxima semana;
· A Polícia Federal pede desculpas à população e esclarece que a normalização do serviço depende exclusivamente da Casa da Moeda do Brasil;

A Casa da Moeda do Brasil (CMB) informa que, por conta de um problema num dos equipamentos, a produção dos documentos (comuns e de urgência) foi temporariamente interrompida. 
A empresa já solicitou a substituição da peça com defeito, que virá da Alemanha.
A produção de passaportes deve ser retomada na próxima semana. Em paralelo, a CMB busca uma alternativa para agilizar a retomada da produção.
A CMB se desculpa com a população por todos os transtornos.