Unidos pelo gosto de viajar para estudar no Exterior

Como tudo na vida, o planejamento estratégico é o melhor caminho para a execução de um sonho. E se o plano for fazer um intercâmbio, eu e a minha sócia (e também intercambista) Ana Paula Ruschel damos algumas dicas baseadas nas nossas próprias experiências no Exterior.

Sou intercambista tardio e não me arrependo. Aliás, isso só me move a fazer mais viagens de intercâmbio. Fui a primeira vez já depois dos 30 e hoje, aos 37 anos, já conheço mais de 15 países, devendo fechar 2016 com 21 visitados. Próximo destino? Nova Iorque!