Como viajar pelo menos uma vez por ano?

São três as regras básicas: planejamento, foco e determinação.

Planejamento: Antes de tudo, saiba qual a data de suas férias e, a partir daí, defina um destino. Se você ainda não for tão experiente, cuidado com os roteiros consagrados, porque eles podem ser mais caros. Se o seu objetivo é gastar menos, baixe alguns aplicativos para receber informações sobre passagens baratas. Eles podem te ajudar a definir o melhor roteiro.
Nestes eu estou sempre de olho: Melhores Destinos; Viajando Barato pelo Mundo; Catraca Livre; Ebooking; Hotel.com; Trivago.



Ao se planejar, verifique as várias formas de hospedagem. Tem hotel, hostel, camping, couchsurfing, casa de família, AirBnB... enfim, as alternativas são as mais variadas, para os mais diferentes bolsos. Se puder, arrume um amigo de viagem, alguém que também curta viajar e tenha condições de tirar o mesmo período de férias. Dividir gastos, como o da hospedagem é algo relevante!

Foco: Além disso, fomente milhas. No Brasil tem planos de milhagem a partir de R$ 30 mensais. Outra dica importante é também verificar a pontuação para troca de milhas do seu banco e do cartão do crédito. Tem ainda os programas que pontuam, como os de abastecimento de combustível. Se informe e leia bem os regulamentos. Algumas concessões serão necessárias no período de foco e determinação. Abolir algumas baladas ou almoços e jantares mais caros são exemplos disso.


Determinação: viajar não é difícil, mas também não é só resolver entrar no avião e partir. Então, seja determinado. Eu sou viajante porque tenho o Wanderlust correndo nas veias. Não consigo parar de pensar em viajar... e faço muitas concessões. Mas em contrapartida consigo viajar até três ou quatro vezes por ano (longas distâncias). E estou sempre à procura de novidades, como ter ido passar o Réveillon de 2015 de carro no Uruguai e Argentina. Um final de semana em uma cidade vizinha que você pouco conhece também pode ser interessante. Viajar é isso, é querer estar com o pé na estrada, ávido por novos lugares, novas pessoas e novas culturas.