Onde ficar durante um intercâmbio?


Há várias maneiras de você se hospedar durante um intercâmbio.  Há a opção de hotel, alojamento de escolas ou casas de família, as chamadas homestay families. Eu optei pelas famílias, pois acho que nesses casos a interação é bem maior. Só que para quem optar por esse formato de hospedagem (que geralmente é o mais barato) vão ai algumas dicas bem importantes:

1) A casa é de uma família que vive no Canadá. Não necessariamente canadenses de nascença. Ou seja, respeite sempre os hábitos, crenças e sistemática da família que lhe hospeda. Na minha havia algumas regras como tirar o calçado ao entrar em casa e cada um se virava para o café da manhã. Ou seja, eu abria a geladeira e me servia. Aliás, eles não tomavam café aí eu, louca pelo nosso “pretinho básico”, fiquei 20 dias no chá. Foi bom, não morri;
2) Procure se portar com discrição e entre no ritmo da casa. Há famílias que têm horário limite de banho. Uma amiga minha só podia tomar banho até as 22h, pois o banheiro era ao lado do quarto dos demais hóspedes. Trocar roupa de cama, arrumar o quarto e tirar o lixo do quarto não são obrigações da sua “mãe” canadense. Pergunte assim que chegar como deve proceder nesses casos. Eu, por exemplo, tinha liberdade para usar a máquina de lavar e secar roupa e com isso tinha autonomia na limpeza de minhas roupas de cama;
3) Casa de família não é hotel. Ajude a retirar a mesa, ofereça ajuda para lavar a louça, procure puxar assunto sempre que possível. Seja educado para receber o mesmo em troca;
4) E por fim, esteja aberto ao novo. Experimente pratos diferentes, aceite um novo meio de levar a vida, não julgue e evite atritos. Em caso de problemas, recorra à sua escola ou à agencia de viagens que você contratou.
Se você não se adaptou a uma família há sempre a possibilidade de troca.
No mais, não se prenda a detalhes, aproveite! Essa chance de conhecer o dia a dia de uma família em outro país vale ouro, ou melhor, dólares. Seguem três fotos da região Little Italy, local onde morei no Canadá.